sexta-feira, 9 de maio de 2008

Os Vencedores dos Prémios de Teatro 2008


Prémio Carreira
Rui Mendes

Prémio Guia dos Teatros
RTP pelo regresso do Teatro à televisão pública

Prémio Técnico
Mestre Manuel Vitória

Prémio Critica Carlos Porto
Maria Helena Dá Mesquita

Prémio Fernando Amado
Escola de Mulheres

Prémio António Pedro
CENDREV – Centro Dramático de Évora

Prémio Frederico Valério
Sofia Escobar

Prémio Mecenas
Grupo Promosoft

Melhor Peça
“Platónov”, de Nuno Cardoso – Teatro Nacional São João

Melhor Encenador
João Brites por “Saga - Ópera Extravagante” – O Bando

Melhor Texto Original Português
Carlos J. Pessoa por “On The Road ou a Hora do Arco-Ìris” – Teatro A Garagem

Melhor Adaptação
João Mota por “Berlim” – Teatro A Comuna

Melhor Tradução
Escola de Mulheres por “Diz-me Como a Chuva”

Melhor Espectáculo Solo
Beatriz Batarda por “De Homem para Homem”

Melhor Espectáculo Infantil
“A Estrela” de Filipe La Féria

Melhor Actor
José Raposo em “Um Violino no Telhado” – Teatro Rivoli

Melhor Actriz
Maria João Vicente por “On The Road ou a Hora do Arco-Ìris” - Teatro A Garagem

Melhor Actor num papel Secundário
Tiago Diogo em “West Side Story” – Teatro Politeama

Melhor Actriz num Papel Secundário
Rita Durão em “Don Carlos Infante de Espanha” – Teatro Cornucópia

Melhor Elenco Conjunto
“Piratada à Portuguesa” no Teatro Maria Vitória

Melhor Actor/Actriz Revelação
Cátia Garcia em “West Side Story” e “A Estrela” – Teatro Politeama

Melhor Musical
“West Side Story” – Teatro Politeama

Melhor Musica Original
Luís Tinoco por “Evil Machines” – São Luiz Teatro Municipal

Melhor Direcção Musical
Telmo Lopes por “West Side Story” – Teatro Politeama

Melhor Cenografia
Cristina Reis por “A Floresta” – Teatro Cornucópia

Melhores Figurinos
Bernardo Monteiro por “O Mercador de Veneza” – Teatro Nacional São João

Melhor Coreografia
Inna Lisnniak por “Um Violino no Telhado” – Teatro Rivoli

Melhor Desenho de Luz
Daniel Worm D’Assumpção por “A Floresta” – Teatro Cornucópia

Melhor Desenho de Som
Daniel Cervantes por “On The Road ou a Hora do Arco-Ìris” - Teatro A Garagem

Melhor Equipa de Produção
Irene de Sousa e Carlos Gonçalves – Teatro Rivoli

Melhor Sala de Teatro
Teatro Politeama

quinta-feira, 1 de maio de 2008

Museu Nacional do Teatro


Desde o início do século XX que se assinalam tentativas dispersas, tendentes à criação de um Museu do Teatro, assim procurando preservar a tão efémera memória das Artes do Espectáculo. No entanto, só em 1979, com a organização de uma grande exposição teatral dedicada à célebre "Companhia Rosas & Brasão (1880-1898)" foi possível concretizar essa aspiração. Começaram a partir de então a ser reunidas as colecções do futuro Museu, quase todas provenientes de doações, sendo o Museu oficialmente criado em 1982.
Em 4 de Fevereiro de 1985, o Museu foi inaugurado, ficando instalado num edifício do século XVIII, o antigo Palácio do Monteiro Mor, que, para esse fim, fora rigorosamente recuperado e adaptado.

As colecções do Museu, cuja constituição começou, a partir do zero, em 1979, têm actualmente cerca de 300 000 espécies, englobando a totalidade das artes do espectáculo, e incluem trajos e adereços de cena, maquetes de cenário, figurinos, desenhos, caricaturas, pinturas, esculturas, programas, cartazes, recortes de jornal, manuscritos, discos, partituras, até um conjunto de cerca de 120 000 fotografias.

O Museu tem apresentado sempre exposições temporárias dedicadas a companhias teatrais, personalidades ligadas ao mundo do espectáculo, e ainda a aspectos menos conhecidos do trabalho teatral em toda a sua diversidade, estando actualmente em preparação a montagem de um núcleo permanente dedicado à história e evolução do Teatro e das Artes do Espectáculo em Portugal.

Numa galeria situada em anexo, o Museu continua a apresentar exposições temporáriras, através das quais vai procurando mostrar, quer os principais acervos das suas colecções, quer de outras colecções nacionais ou internacionais.

No edifício principal do Museu está instalada a Biblioteca, também dedicada em exclusivo às artes do espectáculo, com cerca de 35 000 volumes, considerada a mais vasta e completa neste domínio, em Portugal.
No mesmo edifício existe um Auditório com 80 lugares, equipado com projector de vídeo e de diapositivos, e equipamento de som e de luz.

O Serviço Educativo organiza visitas orientadas, nomeadamente para grupos escolares, mediante marcação prévia.
Na loja do Museu podem adquirir-se publicações e objectos diversos, referentes tanto ao Museu Nacional do Teatro, como a outros Museus, incluindo alguns estrangeiros.

Como apoio indispensável, o Museu dispõe ainda de uma Cafetaria/ Restaurante, com esplanada.

Apresentadores



Galeria de Imagens

Os Prémios de 2008
Fotografias de Luis Rocha

Anabela Teixeira e Heitor Lourenço conduziram a Entrega dos Prémios Guia dos Teatros 2008

Frederico Corado abriu a sessão em nome do Guia dos Teatros


Maria Helena Dá Mesquita recebe o Prémio Critica Carlos Porto

Isabel Medina recebe o Prémio Fernando Amado, entregue à Escola de Mulheres

José Russo recebe o Prémio António Pedro atribuido ao CENDREV


O agente da actriz Sofia Escobar foi receber, em seu nome, o Prémio Frederico Valério

João Brazão da Promosoft recebe o Prémio Mecenas

Rui Mendes recebe o Prémio Carreira das mãos do director do Museu Nacional do Teatro Dr. José Carlos Alvarez com a colaboração do Rocha.


Mestre Manuel Vitória recebe o Prémio Técnico

Inna Lisniak recebe o Prémio Melhor Coreografia por "Violino no Telhado"

Cristina Reis recebe o Prémio Melhor Cenografia por "A Floresta"

Bernardo Monteiro recebe o Prémio Melhores Figurinos por "O Mercador de Veneza"


Daniel Worm D'Assumpção recebe o Prémio Melhor Desenho de Luz por "A Floresta"

Telmo Lopes recebe o Prémio Melhor Direcção Musical por "West Side Story"


Filipe La Féria recebe o Prémio Melhor Sala pelo Teatro Politeama

Luis Tinoco recebe o Prémio de Melhor Música Original por "Evil Machines"

Daniel Cervantes recebe o Prémio Melhor Desenho de Som por "On The Road ou a Hora do Arco-Iris"


Carlos Gonçalves recebe o Prémio Melhor Equipa de Produção em seu nome e em nome de Irene de Sousa


Cristina Reis recebe o Prémio Melhor Actriz num Papel Secundário em nome de Rita Durão pela peça "Don Carlos Infante de Espanha"

Tiago Diogo recebe o Prémio Melhor Actor num Papel Secundário em "West Side Story"


José Raposo recebe o Prémio Melhor Actor por "Um Violino no Telhado"


Maria João Vicente recebe o Prémio de Melhor Actriz por "On The Road ou a Hora do Arco Iris"

Cátia Garcia recebe o Prémio Actriz Revelação por "West Side Story" e "A Estrela"

O elenco da revista "Piratada à Portuguesa" liderado por Marina Mota recebe o Prémio Melhor Elenco Conjunto


Filipe La Féria recebe o Prémio Melhor Espectáculo Infantil por "A Estrela"
Carlos J. Pessoa recebe o Prémio Melhor Texto Original Português por "On The Road ou A Hora do Arco Iris"
Isabel Medina recebe, em nome da Escola de Mulheres, o Prémio de Melhor Tradução pela tradução colectiva de "Diz-me Como a Chuva"

Beatriz Batarda recebe o Prémio Melhor Espectáculo Solo por "De Homem Para Homem"

Filipe La Féria recebe o Prémio Melhor Musical por "West Side Story"
João Brites recebe o Prémio Melhor Encenador por "Saga Ópera Extravagante"
Nuno Cardoso recebe o Prémio Melhor Peça por "Platónov"

Entrega dos Prémios

Brevemente imagens da entrega dos Prémios.

sábado, 5 de janeiro de 2008

Prémios de Teatro Guia dos Teatros 2011!


Como aconteceu o ano passado, o Guia dos Teatros vai atribuir os Prémios de Teatro Guia dos Teatros, desta feita referentes ao ano de 2011 e que serão entregues em Maio de 2012 referentes às seguintes categorias:

- Melhor Peça
- Melhor Encenador
- Melhor Texto Original Português
- Melhor Adaptação
- Melhor Tradução
- Melhor Espectáculo Solo
- Melhor Espectáculo Infantil
- Melhor Actor
- Melhor Actriz
- Melhor Actor num papel Secundário
- Melhor Actriz num papel Secundário
- Melhor Elenco Conjunto
- Melhor Actor/Actriz Revelação
- Melhor Musical
- Melhor Musica Original
- Melhor Direcção Musical
- Melhor Cenografia
- Melhores Figurinos
- Melhor Coreografia
- Melhor Desenho de Luz
- Melhor Desenho de Som
- Melhor Equipa de Produção
- Melhor Sala de Teatro

Serão ainda entregues pela organização o Prémio Carreira, Prémio Guia dos Teatros, o Prémio Crítica, Prémio Técnico, Prémio António Pedro, Prémio Fernando Amado, Prémio Frederico Valério e Prémio Mecenas.

Os Prémios Guia dos Teatros
Quem é o júri?

O Guia dos Teatros é um blog de apoio ao público em geral, um objecto de divulgação de trabalhos performativos em Portugal e estrangeiro e ainda uma ferramenta de apoio a profissionais na divulgação de castings, workshops e outros.
Como tal, o júri é quem frequenta este blog, portanto o público de teatro em geral que atribui os prémios através do envio das suas nomeações para as 23 categorias.

Na primeira edição não foi criada uma short-list, nem achamos necessário criar em edições futuras por ser automaticamente limitativo aos gostos do público. Cada um deverá votar nas peças e espectáculos que mais o marcaram no ano que passou.

A votação estará aberta on-line até fim de Abril. E não se esqueça que um voto pode perfeitamente decidir a vitória.

Serão ainda entregues alguns prémios extra decididos pela organização do Guia dos Teatros que quer assim desta maneira homenagear algumas figuras, empresas ou entidades que tenham sido preponderantes para o avanço na área das artes performativas do ano que passou.

Quem é elegível?
Todas as produções profissionais que tenham estado em cena em Portugal entre 1 de Janeiro e 31 de Dezembro de 2011 são elegíveis para os Prémios Guia dos Teatros.

Como são monitorizadas as votações?
A votação é limitada a um voto por pessoa e há uma rígida monitorização para um resultado o mais justo possível e de maneira a que qualquer tentativa de falsificação seja quebrada. A monitorização é feita de várias maneiras, desde o registo dos e-mails, verificações técnicas e análises estatísticas. No entanto, por muito rigorosos que sejamos, não podemos prever a mobilização de grupos de fãs de produções ou profissionais, que são inerentes, e legítimas, em qualquer espécie de votação popular neste género.

Como saber que peças estiveram em cena?
Há uma base de dados onde essa informação está quase toda reunida, a CETbase do Centro de Estudos Teatrais (http://www.fl.ul.pt/CETbase/default.htm) que faz um trabalho de documentação teatral notável e que pode ser consultada on-line. No entanto o Guia dos Teatros pediu a todas as companhias nacionais através de e-mail que nos enviassem a informação das produções que tiveram em cena no ano de 2011, e estamos ainda à espera de respostas. A lista será publicada dia 30 de Janeiro no dia em que serão abertas as votações, até lá aceitamos o envio de peças, espectáculos, correcções, adições e afins.